Você está aqui: Página Inicial > Campus > Pesqueira > Notícias > Estudante do IFPE supera dificuldades, é laureado e aprovado em seleção de mestrado

Notícias

Estudante do IFPE supera dificuldades, é laureado e aprovado em seleção de mestrado

Em 2012, Filipe passou no vestibular para cursar licenciatura em física no Instituto Federal de Pernambuco Campus Pesqueira
por publicado: 16/05/2017 09h35 última modificação: 16/05/2017 09h35

O destino de José Filipe Rodrigues do Nascimento mudou quando, aos quatro meses de vida, em 1994, foi adotado pela dona de casa Edileusa Venâncio da Silva que ficou viúva desde 1991 e já tinha duas filhas biológicas.

Com dificuldade e grana curta, ela sempre incentivou os filhos a estudar, pois acreditava que só com educação é que se podia ter um futuro menos sofrido. Com apenas dois salários mínimos e trabalhando como doméstica, conseguiu garantir o sustento da casa por anos.

Filipe conta que dona Edileusa não terminou o ensino fundamental, pois trabalhou desde pequena e não tinha a oportunidade de estudar. “Aqui em casa, por anos, moraram eu, minha mãe e minhas duas irmãs. Mãe não terminou o ensino fundamental, pois tinha que ajudar os pais, que eram agricultores. Quando ficou viúva, sua responsabilidade aumentou para criar os filhos.”, destaca.

Em 2012, o filho de dona Edileusa passou no vestibular para cursar licenciatura em física no Instituto Federal de Pernambuco Campus Pesqueira, interior de Pernambuco. Mesmo sendo uma instituição pública e gratuita, Filipe que mora em Sanharó, cidade próxima a Pesqueira, teria que ter renda para transporte e alimentação a fim de concluir o tão sonhado curso superior.

Nesse período, ele conseguiu bolsa de estudo pelo Pibid (Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência) que tem o objetivo de oferecer auxílio financeiro ao aluno a fim de que ele possa se dedicar com integralidade aos estudos.

“O dinheiro não era muito mais era suficiente. Dava para comprar os livros, viajar para eventos e refeições. Não gastava com transporte, pois a prefeitura de Sanharó disponibilizava ônibus para os alunos do IFPE. No período que fiz o curso não precisei trabalhar justamente por causa das bolsas. Decidi investir nos estudos e daí o motivo do meu empenho no curso.”, explicou Rodrigues.

O resultado de mais de doze horas de estudo por dia e dedicação a pesquisa e extensão que o IFPE oferece foi a láurea que Filipe recebeu das mãos do diretor geral do Campus Pesqueira, tendo a nota geral mais alta do seu curso. “A sensação é de dever cumprido e que um passo importante foi dado.”, falou emocionado.

Mas quem pensa que essa história termina aqui, engana-se. O estudante também foi aprovado na seleção do mestrado da UFRPE. “Vou aproveitar ao máximo o mestrado para conseguir concluí-lo e, se tudo correr bem, tentarei o doutorado em física. Hoje sou inspiração para minhas irmãs, que pretendem voltar a estudar. Agradeço tudo isso, ao amor de mãe, que é infinito.”