Você está aqui: Página Inicial > Campus > Barreiros > Cursos > Superiores > Tecnólogos > Agroecologia > Gestão e Estrutura

Gestão e Estrutura

por Hugo Ferreira publicado 23/12/2015 17h32, última modificação 14/03/2017 14h09

Coordenador do curso: Prof.  Rinaldo Malaquias Lima Filho

Contato: coordenacao.agroecologia@barreiros.ifpe.edu.br

Horário de atendimento: 

Segundas das 7h às 9h / Terças  das 7h às 9h / Quartas  das 7h às 11h e  das 13h às 17h

* Estrutura do curso:

O Curso Superior de Tecnologia em Agroecologia tem duração mínima de 3 anos e máxima de 6 anos,  distribuídos em 6 semestres.  A carga horária do curso é de 2.407 h/r de conteúdos curriculares de natureza científica-cultural, asseguradas ainda 166 h/r para o Estágio Supervisionado, totalizando carga horária total de 2.573 h/r.

O sistema acadêmico adotado será flexível (sistema de créditos), devendo o estudante cursar o mínimo de 145 créditos para a integralização do curso. O curso está organizado em períodos semestrais, sendo oferecidas 40 vagas anualmente em um único turno, podendo ser ofertado no matutino ou vespertino (dependendo da disponibilidade de estrutura física e de corpo docente), totalizando o número de 40 e 20 estudantes para os componentes curriculares teóricos e práticos, respectivamente.

A estrutura curricular do Curso tem por objetivo favorecer a articulação do ensino de forma multidisciplinar, evitando a fragmentação dos conteúdos, e levando em consideração a preocupação de articular as disciplinas com o intuito de formar um profissional com uma visão ampla e crítica sobre a sua realidade agrícola, social e ambiental.

Os componentes curriculares foram alocados de modo a permitir uma sequência de complexidade crescente, na busca pela instrumentalização gradual do aluno, a qual será utilizada para a construção de novos conhecimentos.

A carga horária total é distribuída em atividades acadêmicas que envolvem disciplinas obrigatórias, optativas, o estágio supervisionado e o trabalho de conclusão do curso.

O primeiro semestre do curso visa promover o nivelamento dos ingressos em conteúdos básicos necessários para o melhor aproveitamento dos conteúdos subsequentes, bem como proporcionar ao aluno um primeiro contato com os princípios agroecológicos.

A partir do segundo semestre, o estudante começa a adquirir conhecimentos básicos relacionados às práticas agrícolas e a cursar componentes curriculares de caráter profissionalizantes e específicos na área da agroecologia, além de disciplinas que visam fornecer formação holística ao estudante.