Você está aqui: Página Inicial > Campus > Barreiros > Notícias > O papel de cada um na preservação do meio ambiente

Notícias

O papel de cada um na preservação do meio ambiente

Evento do IFPE-Barreiros destacou a importância de ações coletivas e individuais para tornar o mundo um lugar melhor de se viver
por publicado: 13/06/2019 14h01 última modificação: 13/06/2019 14h02

A preservação dos recursos naturais e o descarte adequado do lixo foram alguns dos temas abordados durante o evento alusivo ao Dia Mundial do Meio Ambiente, que é celebrado em 5 de junho. As ações foram realizadas nesta quinta-feira (13) no IFPE-Barreiros e tiveram a presença do diretor-geral, Adalberto Arruda, do coordenador de pesquisa e extensão, Rômulo Souza, e dos alunos de Tecnologia em Agroecologia e outros cursos do Campus.

Na primeira etapa, realizada no Auditório Central, o público assistiu a apresentação de estudos de caso desenvolvidos pelos alunos de agroecologia sobre problemas ambientais, especialmente na região da Mata Sul. Também foram exibidos vídeos de conscientização e alerta sobre os riscos que metais pesados podem provocar à saúde humana. Na segunda parte do evento, os alunos saíram do Auditório Central e se deslocaram para a frente da quadra de esportes para desenvolver uma atividade prática: o plantio de mudas.

plantamos uma muda de ipê-amarelo aqui na frente da quadra. Gostei da iniciativa de reflorestamento e acho importante que as pessoas conheçam outras espécies de plantas, algumas que estão quase em extinção”, destacou Maria José, aluna do 6º período de Agroecologia. Além do ipê-amarelo, também serão plantadas mudas de pau-brasil e moringa. 

Rômulo Souza, coordenador de pesquisa e extensão do Campus, destacou que o evento teve por objetivo mostrar que os cuidados com o meio ambiente devem começar por cada um de nós: “essa responsabilidade não é apenas do poder público, deve ser dividida com o cidadão. As pessoas costumam achar que meio ambiente é algo distante, mas é nas nossas ações do dia a dia que podemos transformar o lugar onde vivemos” destacou.