Você está aqui: Página Inicial > Campus > Belo Jardim > Notícias > Direção do Campus emite posicionamento sobre bloqueio orçamentário

Notícias

Direção do Campus emite posicionamento sobre bloqueio orçamentário

Bloqueio de 30% da verba realizado pelo MEC atinge universidades e institutos federais
por publicado: 07/05/2019 18h54 última modificação: 07/05/2019 18h54

Diante do bloqueio de 30% no orçamento das universidades e institutos federais realizado pelo Ministério da Educação no dia 30 de abril, a Direção-Geral do IFPE Campus Belo Jardim vem a público esclarecer que a medida surpreendeu a todos da área educacional. Informamos que até o momento estamos aguardando comunicação oficial da Reitoria do IFPE acerca dos recursos orçamentários do Campus que estão efetivamente retidos, para que, em seguida, possamos divulgar as ações locais e sistêmicas que serão tomadas levando-se em consideração este novo cenário.

Ressaltamos que as atividades administrativas e acadêmicas estão sendo realizadas normalmente e que o campus está participando ativamente das discussões e ações empreendidas pelo Conselho das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) e pelo IFPE. O bloqueio atingiu recursos de custeio, capacitação e investimento. Os recursos de assistência estudantil não sofreram retenções.

Entre os dias 7 e 9 de maio, os membros do Conif estarão reunidos em Brasília para buscar meios de resolver a questão do bloqueio orçamentário. Essa reunião contará com a presença do secretário da SETEC/MEC, Ariosto Antunes Culau, gestor do órgão do Governo Federal responsável pela coordenação nacional da política de educação profissional e tecnológica (EPT) do país. Por sua vez, no próximo dia 10, a direção do Conif participará de uma reunião com o ministro da educação, Abraham Weintraub, na qual se buscará reverter as medidas que impactaram no bloqueio orçamentário dos institutos federais do país.

Dessa forma, antes da adoção de medidas mais restritivas no tocante ao uso de recursos institucionais, será aguardado o desfecho das discussões que estão em andamento em Brasília, de modo a evitar decisões precipitadas que possam afetar o funcionamento da instituição.

Nesse momento, é de fundamental importância a colaboração de toda comunidade para a utilização consciente de recursos institucionais, tais como energia elétrica, água, papel e equipamentos, evitando assim o desperdício de recursos essenciais para a manutenção das atividades acadêmicas.

Mesmo diante do cenário iminente de dificuldade, a Direção-Geral do Campus Belo Jardim reitera o seu compromisso institucional com a oferta de educação pública de qualidade.