Você está aqui: Página Inicial > Campus > Caruaru > Notícias > Campus Caruaru abre inscrições para a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

Notícias

Campus Caruaru abre inscrições para a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia

O evento é aberto ao público em geral e acontece de 18 a 21 de outubro.
publicado: 13/10/2022 09h59 última modificação: 13/10/2022 10h21

Estão abertas as inscrições para a edição de 2022 da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) do IFPE Caruaru. O evento será realizado presencialmente, entre os dias 18 e 21 de outubro, e as atividades são abertas ao público externo. A SNCT acontece anualmente em todo o país, sempre no mês de outubro. 

O tema escolhido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações para este ano foi “Bicentenário da Independência: 200 anos de ciência, tecnologia e inovação no Brasil”. A proposta é integrar a SNCT às comemorações que buscam refletir sobre o processo histórico da Independência do Brasil na construção e desenvolvimento da nação brasileira.

Além de palestras, oficinas, minicursos, rodas de conversa e visitas técnicas, a programação inclui, pela primeira vez, uma exposição internacional de pôsteres e uma vivência com povo quilombola da região. 

A programação e o link para as inscrições estão disponíveis na página do evento. Para garantir a certificação, os interessados devem se inscrever nas atividades de forma on-line e assinar a ata de presença no dia da atividade. Importante ressaltar que algumas atividades têm número limitado de vagas devido a capacidade dos espaços físicos utilizados.

Mostra Internacional de Pôsteres – reúne trabalhos de estudantes de todo o mundo por meio da cooperação técnica entre o IFPE  e a Universidad Politécnica de Madrid. Acontece de forma virtual e assíncrona na área de convivência durante todos os dias do evento.

Vivência Quilombola - pela primeira vez o Campus Caruaru receberá o povo quilombola Pé de Serra dos Mendes e Furnas, de Agrestina-PE. Seu representante e líder da comunidade, Val de Bena, falará sobre o processo de legalização do território, os saberes tradicionais do povo e responderá as dúvidas dos estudantes.