Você está aqui: Página Inicial > Campus > Caruaru > Notícias > Estudantes de Caruaru participam do ENTEC

Notícias

Estudantes de Caruaru participam do ENTEC

Quatro artigos foram aprovados e dois participaram das apresentações orais. Evento aconteceu nos dias 21 e 22 de junho, no campus Igarassu.
publicado: 05/07/2017 17h09 última modificação: 05/07/2017 17h47

Estudantes do IFPE Caruaru representaram o campus durante o II Encontro de Tecnologia da Informação do Instituto (ENTEC), realizado nos dias 21 e 22 de junho, no campus Igarassu. Quatro artigos foram aprovados para o evento e dois participaram das apresentações orais: Controle de Robôguia para Deficientes Visuais e Desenvolvimento de Drone Quadricóptero para Pulverização de Produtos Químicos em Plantações, ambos coordenados pelo professor Alexander Sena. 

ENTEC

Em nome da equipe, Priscila Cunha expôs o projeto de construção e controle de um sistema robótico móvel para o deslocamento de deficientes visuais no campus Caruaru, que utiliza um aplicativo com comando de voz em smartphone para o controle da locomoção. O robô recebeu o nome de D.O.G (Dispositivo Orientador Guia). Além de servir como alarme para obstáculos, o projeto pretende guiar o usuário com total autonomia em ambiente fechado. 

A metodologia aplicada ao robô foi a de seguidor de linha, aliada a sensores de localização e de obstáculos fixos e móveis. A ideia surgiu da dificuldade que deficientes visuais encontram para se deslocar em novos ambientes. Mesmo o treinamento de cão guia enfrenta empecilhos, como tempo de treinamento e custos elevados, além de proibição da entrada desses animais em alguns estabelecimentos. 

O projeto que envolve a pulverização de plantações usando um drone quadricóptero foi apresentado por Asafe Silva, Daniel Resende e Élton Lima. O foco da pesquisa foi mostrar os componentes necessários para a construção do referido drone e a aplicação experimental de um controle PID (Proporcional Integrativo Derivativo) para estabilizar a plataforma. Durante a exposição, os estudantes exibiram resultados de testes feitos com o dispositivo em ambiente fechado, como a boa estabilidade do protótipo para pequenas inclinações e dificuldades observadas em inclinações acima de 40 graus. 

Se comparado a aviação agrícola convencional, o drone surge como uma alternativa com menor custo de aquisição e operacional, além de menor risco. Já comparado à tradicional pulverização terrestre, o drone é mais rápido para aplicação, permite lançar o produto mesmo diante de solos alagados e evita o achatamento do solo.

 Confira abaixo os artigos aprovados no evento e os componentes de cada grupo.

Controle de Robôguia para Deficientes Visuais: Miguel Barreto da Silva Neto / Asafe dos Santos Silva / Élton Franklin Silva de Lima / Daniel Queiroz Moraes Resende / Priscila Carolina Cunha de Lima / Alexander Patrick Chaves de Sena.

Desenvolvimento de Drone Quadricóptero para Pulverização de Produtos Químicos em Plantações - Implementação da Estratégia de Controle em Sistema Embarcado: Asafe dos Santos Silva / Élton Franklin Silva de Lima / Daniel Queiroz Moraes Resende / Alexander Patrick Chaves de Sena. 

 Projeto Mecânico e Instrumentação de Protótipo Robótico Paralelo Tipo Delta para Aplicação Didática: Anderson Vinícius de S. Silva / Cleyson Luiz Santos Sobral / Alexander Patrick Chaves de Sena. 

Estratégias para Detecção do Desgaste em uma caixa de Redução Acoplada a um Motor de Indução Trifásico: Leonardo José Cavalcante Vasconcelos / Arleson Kennedi França dos Santos / Dalton Cézane Gomes Valadares / Alexander Patrick Chaves de Sena.