Você está aqui: Página Inicial > Campus > Caruaru > Notícias > Projeto levou a cultura indígena para o Campus Caruaru

Notícias

Projeto levou a cultura indígena para o Campus Caruaru

Integrantes do povo Fulni-ô conversaram com estudantes do campus sobre a tradição indígena.
publicado: 09/04/2019 10h39 última modificação: 09/04/2019 12h31

Em alusão ao Abril Indígena, na segunda-feira (8), o povo Fulni-ô esteve no Campus Caruaru para apresentar aos estudantes o Projeto Cultural Indígena nas Escolas. Houve exposição de artesanatos confeccionados pelos índios, um momento de música e dança, seguido por uma conversa com os discentes presentes na ocasião. A programação foi repetida nos três turnos. Até hoje, os Fulni-ô preservam a sua língua própria, o Iatê.

Para Lylyssaka, líder do povo Fulni-ô, a iniciativa leva para as escolas o dia-a-dia da cultura indígena e incentiva o respeito entre diferentes povos. “Não somos mais índios primitivos, mas os ancestrais plantaram em nosso povo a semente da tradição. Somos quase sete mil índios em Águas Belas, Pernambuco, que sobrevivem da caça e da pesca. Também temos jovens que estudam e outros já formados, como advogados e médicos. Participamos da sociedade do branco, mas não deixamos de ser índios e nem esquecemos de nossos costumes e rituais, pois sem eles nós não temos significado no mundo”, comentou o líder.

Acesse a galeria de fotos em: https://photos.app.goo.gl/qT2xTPNGiQ3SkzjDA