Você está aqui: Página Inicial > Campus > Garanhuns > Notícias > Campus recebe membros da etnia Fulni-ô

Notícias

Campus recebe membros da etnia Fulni-ô

Para marcar o "Abril Indígena", o NEABI promoveu uma roda de diálogos para debater "A questão indígena e agrária no Brasil"
por publicado: 04/05/2017 16h42 última modificação: 05/05/2017 12h02

O Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (NEABI) do Campus Garanhuns promoveu, na quarta-feira (3), um debate sobre a "Questão indígena e agrária no Brasil". O campus recebeu representantes da etnia Fulni-ô. 

Pela manhã, os indígenas puderam expor peças de artesanato produzidos pela comunidade. À tarde, o guerreiro Fulniô, Thafkhêa conduziu à roda de diálogo, ao lado da professora de História, Leda Cristina Correira e a indigenista da FUNAI,Edvânia Kehrle. 

Na ocasião, o representante da etnia Fulniô, falou não só sobre a cultura e a tradição do seu povo, mas também sobre as ações de resistência e sobrevivência. "Nós presamos muito pelo respeito e a tolerância às diferenças e por isso ficamos muito satisfeitos de estar aqui no IFPE divulgando nossa cultura e contribuindo com o combate ao preconceito contra os povos indígenas", afirmou Thafkhêa.

"Considero que o objetivo principal desse momento é que possa servir para diversificar as informações que os nossos alunos tem sobre os povos indígenas, de modo que quando lerem uma notícia ou ouvirem em uma conversa referências que tragam a tona situações de preconceito, possam refletir sobre de onde vem esse preconceito e a quem sua reprodução interessa", disse a professora Lêda Cristina.