Você está aqui: Página Inicial > Campus > Ipojuca > Notícias > Campus Ipojuca chega a sua 10ª edição da Semana de Ciência e Tecnologia

Notícias

Campus Ipojuca chega a sua 10ª edição da Semana de Ciência e Tecnologia

O evento aconteceu entre os dias 22 e 24 de outubro, com diversos eixos temáticos de programação
por publicado: 24/10/2019 20h52 última modificação: 31/10/2019 11h36

Pelo décimo ano consecutivo, o IFPE-Campus Ipojuca integra as atividades da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), evento descentralizado coordenado pelo governo federal e realizado por instituições de ensino e pesquisa em todo país.

Veja todas as fotos da SNCT 2019 no Campus Ipojuca.

“O decreto que instituiu a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia é de 2004, e teve por objetivo popularizar os conhecimentos científicos e incentivar uma cultura tecnológica, promovendo debates sobre temas relevantes para o desenvolvimento nacional. É um evento importantíssimo para uma instituição com o nosso perfil, e já nos primeiros anos de funcionamento aderimos à Semana“, disse Enio Camilo de Lima, diretor-geral do Campus Ipojuca, na abertura da Semana. Em 2019, o tema da SNCT foi “Bioeconomia: Diversidade e Riqueza para o Desenvolvimento Sustentável”.

No Campus Ipojuca, a programação explorou o tema da Semana e também exibiu trabalhos desenvolvidos por estudantes e pesquisadores ao longo do ano. A Semana foi ainda oportunidade para apresentar a estrutura do Campus a estudantes do Ensino Fundamental e Médio, já que o IFPE está atualmente com inscrições abertas para o Vestibular 2020.

Palestras e atividades oferecidas por convidados enriqueceram a programação no eixo temático principal da Semana. Na palestra inaugural, o engenheiro William Ramires, da CHESF, tratou de inovabilidade na perspectiva do empreendedor, dando destaque para a sustentabilidade dos produtos e serviços. “Inovação envolve empatia: colocar-se no lugar do outro, reconhecer os problemas e assumir o desafio de buscar soluções. O retorno econômico do negócio é importante, mas a inovação atualmente também envolve valores sociais e ambientais”, afirmou.

Semana de C&T 77.jpgNo terceiro dia de atividades, representantes da Associação e Quilombola Ilha de Mercês, comunidade próxima ao Campus, também vieram falar sobre os processos de produção agroindustral sustentável que vêm desenvolvendo na região. “Depois que obtivemos o reconhecimento oficial como comunidade quilombola, passamos a ser mais respeitados pelos empreendimentos industriais da região. Agora, estamos em um processo de construir sistemas de produção sustentáveis para nos mantermos”, explicou Magno de Araújo, presidente da associação e da cooperativa local. Atualmente, a comunidade vive da comercialização de crustáceos e da produção agrícola local, além do beneficiamento em doces, polpas e outros alimentos.

O eixo da bioeconomia foi objeto também de trabalhos da comunidade acadêmica, que realizaram tanto atividades voltadas ao público geral quanto a estudantes de áreas especificas de especialização do Campus. Nas exposições do corredor central, estudantes de Engenharia mostraram diversos subprodutos do coco e suas aplicações na alimentação, higiene e artesanato no trabalho “A Bioeconomia do Coco Verde”. “O coco é muito produzido e consumido nas praias da região, gerando resíduos muito volumosos e que poderiam ser integralmente aproveitados com outra finalidade”, explicou Edson Fernando, professor que orientou o trabalho.

Veja a programação completa da SNCT 2019 no Campus Ipojuca.