Você está aqui: Página Inicial > Campus > Olinda > Notícias > IFPE inaugura Mestrado Profissional ProfEPT

Notícias

IFPE inaugura Mestrado Profissional ProfEPT

Em Pernambuco, aulas serão ministradas no Campus Olinda. Em todo o país, foram mais de 19 mil inscritos para seleção
por publicado: 18/08/2017 18h46 última modificação: 18/08/2017 18h46

Na manhã desta sexta-feira (18), no auditório do Centro Regional de Ciências Nucleares do Nordeste (CRCN/NE), o IFPE realizou a aula inaugural do Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT). O programa, que é idealizado pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) e coordenado pelo Instituto Federal do Espírito Santo (IFES), será ofertado em rede por 18 instituições do país. Em Pernambuco, aulas acontecerão no Campus Olinda.

Compuseram a mesa de abertura a reitora Anália Ribeiro; o representante da Pró-Reitoria de Pesquisa (Propesq), Flávio Albuquerque; a diretora-geral do IFPE - Campus Olinda, Luciana Cardoso; a coordenadora do ProfEPT, Bernardina de Souza; a coordenadora de Pós-Graduação do IFPE, Andrea Dacal; e a secretária de Educação Profissional e Tecnológica, Eline Nascimento. Após as boas-vindas aos novos estudantes e docentes, o evento contou com uma mesa redonda acerca o tema "Reflexões sobre o Ensino Integrado, a Politecnia e a Educação Omnilateral", ministrada pela professora Filomena Gossler, Coordenadora do Programa de Pós-graduação em Educação Lato Sensu do Instituto Federal Catarinense - CampusCamboriú. 

Para Bernardina de Souza, o mestrado surge dentro de uma proposta para melhorar a qualidade do ensino e pesquisa na área de Educação Profissional e Tecnológica. A professora destaca, inclusive, o alto índice de procura. Ao todo, foram registrados 2.300 pedidos de inscrição. Para a professora Luciana Cardoso, em virtude dos cursos oferecidos, o campus, que tem um perfil voltado para artes e tecnologia, pode auxiliar e fortalecer ainda mais o elo entre as áreas de Pesquisa, Ensino e Extensão.  

De acordo com Eline Nascimento, o ProfEPT é fundamental por representar o fortalecimento da Educação Profissional e Tecnológica ao oferecer metade das vagas reservadas a servidores da Rede. "Em todo o Brasil, foram mais de 19 mil inscrições, o que revela um interesse grande no país pelo desenvolvimento da área", avalia. 

Em sua fala, a reitora Anália Ribeiro frisou a importância da Educação Profissional, Científica e Tecnológica, e o peso da oferta deste programa para os Institutos Federais. "É um ramo que está no cerne da discussão sobre educação no país, sendo uma área estratégica".