Você está aqui: Página Inicial > Campus > Palmares > Notícias > IFPE Palmares tem dois projetos aprovados no Programa de Extensão Tecnológica (PET) da Facepe

Notícias

IFPE Palmares tem dois projetos aprovados no Programa de Extensão Tecnológica (PET) da Facepe

Através do programa, vinte estudantes vão receber bolsas de fomento no valor de R$ 500, por um período de quatro meses
por publicado: 28/09/2022 08h41 última modificação: 28/09/2022 08h57

O IFPE Palmares acaba de ser contemplado na segunda rodada do Programa de Extensão Tecnológica (PET) da Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe). O programa, que conforme o edital 22/2022 vai desembolsar nesta etapa um total de R$ 2.455.800, tem como intuito expandir a formação qualificada de recursos humanos nos níveis de Ensino Médio, Técnico e de Graduação em Pernambuco.

>> Confira aqui a lista dos resultados da segunda rodada do Programa de Extensão Tecnológica (PET) - 2022

Todos os projetos aprovados pelo IFPE foram voltados para o nível de Graduação e foram produzidos em parceria com o Lócus de Inovação da Mata Sul e o Lócus de Inovação 4.0 – Projete.ai. Estes Lócus se constituem como uma política pública construída de forma pioneira no país e estão voltados para estimular e apoiar a criação de ambientes de inovação em todo o estado, sempre associados às características econômicas de cada região de desenvolvimento de Pernambuco.

O primeiro projeto, proposto pelo professor Thiago Valentim dentro do Lócus de Inovação Projete.ai, é um programa de extensão para capacitação em Edge Computing, Fog Computing e Cloud Computing, e será realizado juntamente com o Porto de Suape. Já o segundo é comandado pelo professor Diogo Lopes juntamente com a Mega Engenharia e dentro do Lócus de Inovação da Mata Sul, e vai produzir sistemas inteligentes para previsão dos níveis dos rios Pirangi e Una.

Um terceiro projeto foi proposto pelo professor Adriano Henrique, em cooperação com a Comunidade Terapêutica Nova Jericó. Trata-se de uma ação para redução do analfabetismo digital utilizando ferramentas em nuvem. Esta última proposição também ficou bem colocada e está no aguardo de uma possível reclassificação.

Através dos dois projetos inicialmente contemplados, vinte estudantes vão receber bolsas de fomento no valor de R$ 500, por um período de quatro meses. Cada projeto vai beneficiar dez estudantes do Ensino Superior, que podem ser oriundos do Campus Palmares ou de outras unidades do IFPE, já que as atividades poderão ser realizadas de forma remota.

As atividades estão previstas para ter início em novembro, a partir de uma triagem que será feita após um curso de capacitação envolvendo os(as) candidatos(as) pré-selecionados(as).