Você está aqui: Página Inicial > Campus > Pesqueira > Notícias > Cursos do Campus Pesqueira entre os melhores do Brasil

Notícias

Cursos do Campus Pesqueira entre os melhores do Brasil

A Revista Guia do Estudante avaliou com três estrelas os cursos de licenciatura em Física e Matemática
por publicado: 11/09/2017 17h17 última modificação: 11/09/2017 17h19

A Revista Guia do Estudante, da Editora Abril, avaliou os cursos de licenciatura em Física e Matemática do IFPE Campus Pesqueira como um dos melhores do Brasil. Eles ganharam três estrelas. Mais quatro cursos superiores de outros Campi foram contemplados. São eles: Licenciatura em Música Campus Belo Jardim (3 estrelas); Bacharelado em Engenharia Civil Campus Recife( 3 estrelas); Licenciatura em Química Campus Vitória de Santo Antão (3 estrelas). Já o curso de Licenciatura em Geografia do Campus Recife ganhou 4 estrelas, a maior avaliação de todo IFPE.

De acordo com Fabio Volpe, diretor de redação do Guia do Estudante, a publicação estará circulando em todas as bancas de revista do país a partir do dia 16 de outubro e os coordenadores de cada curso ganharão um selo certificando a qualidade da graduação.

O curso de licenciatura em física do IFPE Campus Pesqueira foi implantado em 2010. São 40 vagas ofertadas anualmente e tem duração de quatro anos. Para o coordenador do curso de física, professor José Roberto Tavares de Lima, o objetivo da graduação é formar profissionais docentes com ampla compreensão de educação, entendida como fenômeno individual, social, político, ideológico, cultural, ético e estético. “Fazemos cotidianamente um esforço interdisciplinar capaz de gerar uma formação humana e profissional cada vez mais consistente e atenta aos fatos sociais e fenômenos naturais da Física sobre o mundo.”, declarou.

Já o curso de matemática tem 11 anos de existência e contempla, anualmente, 40 estudantes. A formação também é de quatro anos e o total de horas-aula é de 3.866,6. Segundo o coordenador da graduação, Francisco de Assis dos Santos, o curso de matemática além de promover a autonomia intelectual e profissional dos estudantes através de um olhar contextualizado que reconhece os processos de ensinar e aprender matemática, visa também formar, por meio da matemática, cidadãos mais críticos e participativos na sociedade da qual fazem parte.