Você está aqui: Página Inicial > Campus > Recife > Notícias > Espetáculo “Clamor Negro” tem apresentação no Campus adiada

Notícias

Espetáculo “Clamor Negro” tem apresentação no Campus adiada

por publicado: 15/03/2019 10h42 última modificação: 12/04/2019 14h24
Produção traz reflexões sobre as diversas opressões sofridas pelas mulheres negras desde a diáspora africana até hoje

Ainda reverberando o Dia Internacional da Mulher, o auditório do Campus Recife receberá o espetáculo teatral-poético-musical “Clamor Negro”. O Serviço Social do Campus Recife informa que a apresentação, marcada para esta sexta-feira, (22), às 10h, no auditório, precisou ser adiada. Uma nova data será informada em breve. A atividade é uma iniciativa da equipe do projeto “Educação democrática e direitos humanos: uma abordagem popular”. Conta com a coordenação da equipe de Serviço Social do Campus em parceria com o Comitê da Várzea, grupo político-cultural autônomo formado por moradores, artistas e trabalhadores da educação que atuam no bairro e seu entorno.

O espetáculo é um monólogo dividido em oito atos interligados por músicas com temáticas africanas. Cada ato apresenta seis poemas de autoria das poetisas negras Odalita Alves, Cristiane Sobral e Vitória de Santa Cruz. Os oito atos apresentam diferentes questões que envolvem racismo e violência, sobretudo, contra as mulheres negras. Entre as temáticas estão: invisibilidade das bonecas negras, subempregos, farsa da abolição, legislação, além da apresentação de heróis e heroínas negras. O público é levado a refletir e interagir com os poemas e crônicas teatrais que formam a peça. “A intenção é buscar sensibilizar de maneira poética e crítica o espectador para a importância de se combater o racismo nos diversos espaços sociais”, reitera a atriz Odalita Alves.