Você está aqui: Página Inicial > Campus > Recife > Notícias > Estudantes apresentam projeto sobre coleta seletiva à gestão do Campus

Notícias

Estudantes apresentam projeto sobre coleta seletiva à gestão do Campus

Encontro aconteceu na última terça-feira (10/07)
por publicado: 11/07/2018 14h12 última modificação: 12/07/2018 17h11

Com o objetivo trazer sugestões para políticas de coleta seletiva no Campus, estudantes da disciplina de Língua Portuguesa sete se reuniram com membros da gestão nesta terça-feira(10/07).  Por intermédio da Diretoria de Políticas Institucionais (DPI), a equipe orientada pela professora Karla Daniele apresentou propostas fruto de um estudo sobre a cultura de reciclagem no Campus Recife, exposto na última edição do Encontro de Linguagens Histórias e Outras histórias.  Para discutir a problemática pautada pelos discentes, estiveram presentes o diretor-geral, Marivaldo Rosas, o diretor de Ensino, Ulisses Costa, o diretor de Assistência Estudantil, Valter Tavares, o diretor da DAP, Weidson Luna, e a diretora de Políticas Institucionais, Carol Bello.

O Projeto

O projeto foi desenvolvido pelos estudantes Gabriel Vanderlei e Nafitaly Silva, ambos do 7º período de Eletrônica, juntamente com a discente do curso de Saneamento Brenda Soares. A ideia para a ação surgiu de uma observação através da qual foi criada a hipótese  que mesmo com o sistema de coleta no Campus, a falta de uma cultura institucional por parte de estudantes e servidores acabava tornando o processo ineficiente. Um aspecto comprovado por meio de entrevistas realizadas pelos discentes.  

Mesmo conscientes da importância do processo de reciclagem, muitos ainda se sentem inseguros em implantar as práticas de separação do lixo no seu cotidiano, o que é agravado pelo fato de que os funcionários dos serviços terceirizados responsáveis pela coleta acabam não recebendo orientações para separação do lixo no seu trabalho. Para corrigir ou minimizar as questões, o grupo orientado pela professora Karla aponta a necessidade de palestras informativa para discutir o tema, assim como a implantação de lixeiras orgânicas pelo Campus.  Para o integrante Gabriel Vanderlei, a promoção de iniciativas como estas faz com que o Instituto “otimize sua função diante da sociedade”, já que as mudanças dentro da organização colaboram com a replicação de novos hábitos em outros ambientes. A docente Karla Daniele ressaltou ainda a importância da receptividade por parte da gestão, que pretende  por em prática as mudanças propostas e fazer com que o projeto seja difundido em outros eventos dentro do Campus.