Você está aqui: Página Inicial > Campus > Recife > Notícias > Estudantes do campus são medalhistas em olimpíadas científicas

Notícias

Estudantes do campus são medalhistas em olimpíadas científicas

Premiação reuniu, no auditório, jovens entusiasmados com o desempenho
por publicado: 24/11/2016 12h11 última modificação: 24/11/2016 12h11
Exibir carrossel de imagens Jovens receberam medalhas e certificados

Jovens receberam medalhas e certificados

Sorrisos, vibração, aplausos. Quem foi ao auditório do Campus Recife na manhã da última quarta-feira (23) presenciou o clima de euforia entre os estudantes da Instituição durante a Premiação das Olimpíadas Científicas Pernambucanas e de competições nacionais. Muitos estavam lá para prestigiar os colegas, um grupo em especial que levou para casa, com orgulho, medalhas e certificados pelas melhores notas da Instituição nas disputas. No total, o IFPE teve cerca de 50 medalhistas nas três competições estaduais e 12 nas versões nacionais. No evento, saudaram o desempenho dos jovens a pró-reitora de Extensão do IFPE, Ana Patrícia Falcão, representando, na ocasião, a reitora Anália Ribeiro, a pró-reitora de Ensino, professora Edlamar Oliveira e o diretor-geral do Campus Recife, Marivaldo Rosas. 

O IFPE foi responsável por realizar, em todo o Estado, a Olimpíada Pernambucana de Astronomia e Astronáutica (OPA), a de Física (OPEF) e a de Foguetes (OPEFOG). No total, foram inscritas 218 escolas e houve a participação de, aproximadamente, 6.700 estudantes do Ensino Médio, dos quais 625 obtiveram nota para medalha. Por trás dessas iniciativas de estímulo ao estudo da Física e da preparação dos estudantes do Campus Recife para as competições, está o professor Guilherme Pereira, que trabalha na Instituição há 22 anos e se encontrava bastante emocionado durante a premiação. “A figura do professor Guilherme é a de um profissional, acima de tudo, apaixonado pelo que faz. É muito gratificante ver o envolvimento e as realizações dos estudantes em atividades como essas competições”, comentou Ana Patrícia durante o evento. Já a professora Edlamar demonstrou satisfação pela participação, nas Olimpíadas, de diversas instituições da rede de Ensino de Pernambuco. 

Dos estudantes do campus que subiram ao palco para receber a premiação, alguns nomes chamam atenção. Um deles o de Juventino Férrer, 4º P de Química Industrial, manhã, que arrebatou 4 medalhas, entre elas uma nacional, a da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica. Já Petherson Steffen alcançou a maior nota da OPA. Acertou tudo e tirou 10! Também foi entregue, no evento, premiação da Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG). Alunos do Colégio Eminente, da rede privada de Ensino, também participaram da solenidade e levaram para casa as suas medalhas.