Você está aqui: Página Inicial > Campus > Recife > Notícias > Primeira Semana da Consciência Negra acontece de 18 a 20 de novembro

Notícias

Primeira Semana da Consciência Negra acontece de 18 a 20 de novembro

Evento traz atividades como oficinas, exposições, mesas-redondas, palestras e apresentações culturais
por publicado: 14/11/2019 17h33 última modificação: 14/11/2019 17h33

Com o tema “Dandaras, mulheres fortes e guerreiras”, a primeira Semana da Consciência Negra (SCN) tem data marcada no Campus Recife para os dias 18, 19 e 20 de novembro. Toda comunidade acadêmica e externa poderá participar de diversas atividades gratuitas, como oficinas, exposições, mesas-redondas, palestras e apresentações culturais. As inscrições devem ser realizadas online neste site.

O evento, que celebra o Dia Nacional da Consciência Negra (20 de novembro), faz parte de uma inovadora articulação dos Núcleos de Arte e Cultura (NAC), de Apoio à Pessoa com Deficiência (NAPNE), de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (NEABI) e de Estudos de Gênero e Diversidade (NEGED). A SCN tem importância especial para o NEABI. Isso porque além de ser a primeira ação oficial do Núcleo, que entrou em vigor no final deste ano, a partir da Portaria n° 484/2019-DGCR, trará visibilidade a um tema de grande relevância. “O Campus sempre marcou o Dia da Consciência Negra, mas essa a primeira vez que um evento de grande porte é realizado com o objetivo de conectar as diversas dimensões dessa temática”, conta o coordenador do NEABI, Maciel Henrique Silva. “Vale destacar que, embora seja realização dos núcleos, o evento não aconteceria sem os estudantes proponentes. Estamos aqui para mediar e organizar uma demanda que vem da própria Instituição e promover essa troca de saberes e experiência entre a comunidade acadêmica e nossos convidados”, descreve Maciel.

Para a estudante de Edificações Sthefany Cabral, integrante do grupo de discentes que fazem parte da organização do evento, o atrativo maior estava na oportunidade de ajudar a criar um espaço em que a comunidade pudesse trazer cultura e produções acadêmicas sobre o tema para Campus. “Não há nada melhor que a arte como veículo de crítica, porque ela faz com que a mensagem chegue muito mais forte e de maneira compreensível ao espectador. O evento foi pensado para ser um lugar onde a cultura negra seja exaltada sem virar alvo de ataque e onde os jovens daqui possam se expressar e se sentir representados”, explica a estudante.

A coordenadora do NEGED, Nathalia Atroch, enfatiza a relevância da data ao relembrar um pouco da história do Brasil. “Vivemos numa sociedade fruto de um processo colonizador e escravocrata que, por essa razão, foi estruturado com base em muitos preconceitos e o preconceito racial é o maior deles. Promover e pensar sobre o combate ao racismo é uma diretriz ética da educação. Como dizia Angela Davis, não basta não ser racista, devemos ser antirracistas”, defende a professora de Sociologia.

A abertura do evento será às 9h desta segunda-feira (18) e sua programação se estende pelos turnos da manhã, tarde e noite. Monitores, organizadores e palestrantes devem credenciar sua participação neste site. Confira a lista de atividades completa aqui.

1° Semana da Consciência Negra
Dias 18, 19 e 20 de novembro
Das 9h às 19h (consultar programação)
Inscrições e credenciamentos aqui