Você está aqui: Página Inicial > Campus > Recife > Notícias > Último dia da 2° Semana de Radiologia traz palestras sobre mercado e radiofarmacos

Notícias

Último dia da 2° Semana de Radiologia traz palestras sobre mercado e radiofarmacos

Encerramento celebra o Dia Internacional do Profissional das Técnicas Radiológicas (08/11) e homenageia docentes
por publicado: 08/11/2019 17h13 última modificação: 08/11/2019 17h16

A 2° edição da Semana de Radiologia do Campus Recife teve seu encerramento nesta sexta (8). Destinada aos estudantes do Curso Superior de Tecnologia em Radiologia do Campus, a programação deu continuidade às palestras e os organizadores aproveitaram a ocasião para homenagear o professor Anderson Guedes, docente desde a primeira turma de Radiologia, pela sua inegável contribuição para o curso.

Ao longo da tarde, foram debatidos temas que iam do mercado profissional do tecnólogo até radiofarmacos. O primeiro palestrante foi o professor substituto Carlos Eduardo, com tema “O tecnólogo em Radiologia na gestão de radiologia”, que está se despedindo da docência no Campus este ano. Em seguida, a psicóloga Cristiane Alves falou sobre “O mercado de trabalho”. Por fim, o físico João Eudes debateu sobre os “Radiofarmacos: Fundamentos e tecnologia de produção”.

Durante o evento, o coordenador de Radiologia Luciano Lima aproveitou para agradecer a equipe de estudantes que organizaram o evento, sob orientação do professor Iran José e comemorar o sucesso da Semana. “Foi um evento fantástico em termos de atualização e perfil profissionais. São atividades desse porte que ajudam na evolução da área, pois favorecem a qualificação e desperta o interesse dos estudantes para as múltiplas áreas de atuação do tecnólogo”, conta Luciano.

No dia 8 de novembro é celebrado o Dia Internacional do Profissional das Técnicas Radiológicas e, segundo Luciano, a Semana foi planejada para se encerrar neste dia. “É importante celebrarmos essa data para agregar ainda mais valor à área. Para mim, isso não só envolve o reconhecimento político, mas também a qualificação constante do profissional”, enfatiza o coordenador.