Você está aqui: Página Inicial > Campus > Vitória > Notícias > Bloco das Graduações e estrutura de acessibilidade são inaugurados

Notícias

Bloco das Graduações e estrutura de acessibilidade são inaugurados

Cerimônia de Inauguração foi realizada nesta quinta-feira (22), no auditório do novo prédio
por publicado: 23/11/2018 12h54 última modificação: 23/11/2018 12h54

O bloco das Graduações e a primeira etapa das obras de acessibilidade do Campus Vitória de Santo Antão foram entregues à comunidade acadêmica na noite da última quinta-feira (22). Estudantes, egressos, servidores ativos e aposentados, visitantes, além de pró-reitores, diretores-gerais e servidores de vários campi e da reitoria estiveram presentes na cerimônia, realizada no auditório do novo prédio e que foi marcada pelas palavras de orgulho e gratidão.

A solenidade teve inicio com as apresentações do grupo LiterAtos e de estudantes do 2º e do 4º período do curso técnico Integrado em Agroindústria. Compuseram a mesa solene o secretário de Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (Setec/MEC), Romero Raposo, a reitora do IFPE, professora Anália Ribeiro, o diretor-geral do Campus, Mauro França, a diretora do Departamento de Obras e Projetos (DOP), Virgínia Gouveia, e o diretor das Faculdades Integradas da Vitória de Santo Antão (FAINTVISA), Ubirajara Júnior.

Durante a cerimônia, a reitoria destacou o trabalho de toda a equipe do IFPE para que o bloco e a 1ª etapa das obras de acessibilidade fossem concluídos. “É uma alegria este momento, porque são sonhos antigos. Essas obras são metáforas do que é o nosso Instituto hoje, uma instituição que busca constantemente a inclusão e a indissociabilidade entre Ensino, Pesquisa e Extensão”, disse a professora Anália Ribeiro. O Secretário da Setec/MEC ressaltou o diálogo entre o Ministério e o IFPE, que possibilitou a conclusão destas e de outras obras. “É um prédio muito bonito, construído com amor e zelo, e que agora é realidade. Temos toda a estrutura para receber o máximo de alunos. Precisamos que a população ocupe esses espaços públicos, e fazer com que cada cidadão se sinta parte disso. Então, servidores e estudantes, aproveitem e façam bom uso deste prédio”, disse.

A diretora do Departamento de Obras e Projetos, Virgínia Gouveia, apresentou um breve histórico das obras, e ressaltou a importância da integração entre o DOP, o Departamento de Administração e Planejamento (DAP) do Campus,  e o trabalho intenso de fiscalização. “Tudo isso possibilitou que o bloco inaugurado hoje esteja tal e qual foi projetado em 2013”, afirmou. Durante seu pronunciamento, o diretor-geral, professor Mauro França, agradeceu a todas as pessoas, do campus e da reitoria, que trabalharam para que o Bloco das Graduações e da 1ª etapa das obras de acessibilidade se tornassem realidade. “Foi um trabalho que começou com a professora Velda, o professor D'Oleron deu andamento, e tivemos a missão de concluir. Vocês, estudantes, são a razão de tudo isso que foi construído, então, usem e aproveitem toda essa estrutura por seus resultados, por suas formações”, disse o diretor.

Aluna do segundo período do curso de Licenciatura em Química, Tamires Zuleide visitou o bloco das graduações logo depois da cerimônia, e disse que a estrutura e a qualidade das instalações surpreendeu a ela e aos colegas. “Só de termos um espaço próprio já é motivo de muita felicidade. Nós dividíamos os laboratórios com estudantes de outros turnos, de outras modalidades de Ensino, e ter nosso laboratório será muito importante para nossa formação”, afirmou a discente, que vem de Chã Grande diariamente para as aulas.

Bloco das Graduações
O bloco das Graduações possui 2.730,42 m² de área construída. São quatro pavimentos, onde funcionarão 11 salas de aula, oito laboratórios, sala dos professores, copa, gabinetes, salas para coordenações dos cursos e para reuniões. Também haverá área de convivência, cantina e auditório, com capacidade para 146 pessoas. O prédio começou a ser construído em 2013, mas foi suspensa com 68% de execução. A construção foi retomada em novembro de 2016 e concluída em setembro deste ano. O investimento total de R$ 5.447.840,95.

Acessibilidade
Já as obras de adequação das estruturas do Campus Vitória às normas de acessibilidade tiveram início em janeiro de 2018, com um investimento de R$ 1.332.990,68, recurso liberado pelo Ministério da Educação (MEC). As intervenções incluíram a construção e recuperação de calçadas, rampas, guarda-corpos e corrimãos, além de recuperação de elementos arquitetônicos, indicação tátil, adequação de sanitários, copas e esquadrias, vagas de estacionamento para pessoas com deficiência, entre outras, totalizando uma área de 4.726,71m². A obra, que correspondem à primeira etapa, foi finalizada em setembro, e o recebimento definitivo ocorreu no início deste mês.

Criado em 1954, o Campus Vitória de Santo Antão está localizado na zona rural do município, tem uma área total de 163 hectares e conta com mais de 35.000 m² de área construída. Hoje, usufruem deste espaço aproximadamente 1.300 estudantes, em cursos técnicos Integrados ao Ensino Médio e Subsequentes nas áreas de Agroindústria, Agropecuária, Agricultura e Zootecnia, e nos cursos superiores em Bacharelado em Agronomia e Licenciatura em Química. Também são ofertados cursos de Manutenção e Suporte em Informática e de Agricultura, através do Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica, na Modalidade de Jovens e Adultos (PROEJA).