Você está aqui: Página Inicial > Campus > Vitória > Notícias > Campus fornecerá 24 mil mudas para programa municipal de reflorestamento

Notícias

Campus fornecerá 24 mil mudas para programa municipal de reflorestamento

As espécies nativas doadas pelo Campus Vitória serão plantadas em áreas urbanas e rurais de Vitória
por Hugo Peixoto publicado: 10/06/2021 15h15 última modificação: 10/06/2021 15h15

O Campus Vitória de Santo fornecerá 24 mil mudas de espécies nativas que serão utilizadas no reflorestamento de áreas urbanas e rurais de Vitória de Santo Antão. A ação faz parte do Programa VitóriARborizar, lançado na última segunda-feira (7), no Monte das Tabocas, pela prefeitura municipal para marcar a Semana do Meio Ambiente.

De acordo com a prefeitura, o programa irá viabilizar a plantação de 50 mil mudas de espécies nativas em Vitória. Participaram do evento de lançamento o diretor do Campus, professor Mauro França, o coordenador de Produção, Estefano Juan, o prefeito Paulo Roberto e o vice-prefeito, professor Edmo Neves, além de secretários municipais e vereadores.

"Nos últimos anos o Campus Vitória tornou-se referência na produção e distribuição de mudas das mais variadas espécies, tendo como ênfase a produção de espécies nativas. A distribuição das mudas se dá por meio de parcerias com entidades governamentais, ONGs e com empresas privadas que se responsabilizam pelo plantio, com o objetivo principal de recuperar matas ciliares e áreas degradadas nas regiões cidades circunvizinhas. A atividade faz parte de convênio firmado entre o campus e o Ministério do Meio Ambiente", explicou Juan, coordenador de Produção.

As ações de distribuição são coordenadas pela Coordenação de Extensão do campus e têm o apoio operacional da Coordenação de Produção. No âmbito institucional, o Campus Vitória também tem sido referência, tendo atendido a outros campi do IFPE com o fornecimento de mudas de diversas espécies, que são utilizadas em atividades paisagísticas dessas unidades. "Ao longo do tempo ganhamos expertise e hoje nos tornamos referência na região quando o assunto é produção de mudas principalmente para recuperação de áreas degradadas e recomposição de mata ciliares", completou Juan.