Você está aqui: Página Inicial > Todas as notícias > Docentes do IFPE apresentam experiências no ensino de línguas

Notícias

Docentes do IFPE apresentam experiências no ensino de línguas

Evento promovido pela Arinter reuniu professores dos Centros de Libras e Línguas Estrangeiras
por publicado: 15/12/2017 17h22 última modificação: 15/12/2017 17h22

Nesta sexta-feira (15), a Assessoria de Relações Internacionais do IFPE reuniu professores de todos os campi no evento Partilhas Exitosas do Centro de Libras e Línguas Estrangeiras (CELLE). Instalados nos diversos campi do Instituto, o  CELLE atua no ensino gratuito de línguas, oferecendo cursos e capacitações tanto  para estudantes e servidores como para a comunidade externa.

A reitora do IFPE Anália Ribeiro participou da abertura do encontro, realizado no Centro de Formação de Professores Paulo Freire, e ressaltou a importância do ensino de línguas no processo de construção do conhecimento. “Precisamos estabelecer uma cultura do estudo de línguas no IFPE para além dos aspectos curriculares e, nesse sentido, o trabalho desenvolvido pelo CELLE é muito importante. A linguagem é uma área estratégica para aprofundarmos a indissociabilidade entre o Ensino, a Pesquisa e a Extensão”, destacou.

A reitora também aproveitou o momento para prestar uma homenagem à professora Rosário Sá Barreto, do IFPE-Campus Pesqueira, que faleceu em setembro deste ano. “ Ela foi uma grande batalhadora do uso da linguagem como instrumento de inclusão”, disse Anália.

A Assessora de Relações Internacionais do IFPE, Jussara Pimentel, resgatou o processo de criação dos CELLEs no IFPE e a expansão para os campi, além de destacar o papel desempenhado pelos docentes vinculados aos Centros. “ O CELLE tem uma ação muito forte de inclusão e temos trabalhado para fortalecer cada vez nossas atividades. Fomos um dos 16 Institutos a ganhar a habilitação para aderir ao Nucli (Núcleo de Línguas do programa Idioma Sem Fronteiras, do Ministério da Educação)”, afirmou .

Ao longo de todo o dia, docentes de libras e línguas estrangeiras de diversos campi apresentaram experiências de ensino desenvolvidas ao longo do ano nos cursos vinculados aos CELLE's. Um dos trabalhos apresentados foi o “Diálogo em Libras: interação entre professor e aluno”,  do professor de Libras do Campus Recife, Bernardo Klimsa.

“A questão da visualidade no ensino de Libras é uma das coisas que o diferencia do ensino de outras línguas como inglês e espanhol. Outro ponto é pensar também a relação entre o professor surdo, nativo da língua, e as diferentes estratégias de interação com estudantes ouvintes, que é cada vez mais comum”, explicou.

 A professora Denise Barbosa apresentou sua experiência com o projeto "Inglês Básico para pessoas com Síndrome de Down", desenvolvido desde 2015 no Campus Recife. "Tive uma dificuldade muito grande de encontrar material direcionado ao ensino de línguas para pessoas com síndrome de down, então é um trabalho em que mesclamos várias técnicas e vamos adaptando de acordo com as particularidades e o tempo de cada um", compartilhou. 

=> Confira a lista completa de projetos apresentados durante o evento