Você está aqui: Página Inicial > Todas as notícias > Professoras do IFPE aprovam projeto em programa internacional

Notícias

Professoras do IFPE aprovam projeto em programa internacional

Projeto sobre metodologias ativas será um dos sete financiados pela Fundação Lemann e pela Universidade de Columbia
por publicado: 03/07/2019 17h26 última modificação: 03/07/2019 17h26

Duas professoras de Língua Inglesa do IFPE são autoras de um dos sete projetos de pesquisa do país a serem financiados pelo programa Researching Teaching and Learning: An Equity Imperative for Teacher Education, promovido pela Fundação Lemann em parceria com a Universidade de Columbia, nos Estados Unidos.  As docentes Isabel Pauline  (Campus Recife) e Marina Oliveira (Campus Belo Jardim) submeteram a proposta “Metodologias ativas como ferramentas de engajamento docente e estudantil: melhorando o engajamento em escolas públicas do Brasil através do ensino híbrido”, que será desenvolvida ao longo dos próximos dois anos.

O projeto, que tem como pesquisadora principal a professora Maria Auxiliadora Padilha (UFPE), visa investigar como a aplicação de metodologias ativas na sala de aula podem contribuir para o engajamento de estudantes e professores da rede pública de ensino. As pesquisadoras desenvolverão o trabalho de campo em escola municipais de Recife e Paulista e nos campi do IFPE. A pesquisa nasceu durante as reuniões do grupo Educat (Laboratório de Pesquisa e Prática de Educação, Metodologias e Tecnologias) da UFPE.

“É uma oportunidade única e uma experiência muito rica para nossos estudos junto ao grupo de pesquisa do qual fazemos parte. Tenho certeza que toda essas experiência com o projeto trará grandes avanços para nossas práticas de ensino-aprendizagem”, avalia a professora Isabel Pauline.

Com a aprovação do projeto, as três pesquisadoras embarcam, no próximo dia 5 de julho, para os Estados Unidos, com o objetivo de participar de um workshop, oferecido pela Universidade de Columbia. A chamada do programa  foi lançada em outubro do ano passado e teve como objetivo selecionar projetos de professores brasileiros que busquem promover mudanças no processo de ensino-aprendizagem em escolas públicas de diferentes regiões do país.