Você está aqui: Página Inicial > Todas as notícias > Reitor do IFPE participa de audiência pública sobre cortes no orçamento

Notícias

Reitor do IFPE participa de audiência pública sobre cortes no orçamento

Encontro convocado na Câmara dos Deputados pela deputada federal pernambucana, Marília Arraes, será na segunda (9), às 9h
por publicado: 05/08/2021 13h33 última modificação: 05/08/2021 13h33

O reitor do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), José Carlos de Sá, participa de uma audiência pública convocada na Câmara dos Deputados pela  deputada federal pernambucana, Marília Arraes. O encontro, que tem como pauta debater os cortes no orçamento das instituições federais de ensino superior da região Nordeste, acontece de forma remota na próxima segunda-feira (9), a partir das 9h, e poderá ser acompanhada pelos canais oficiais da Câmara dos Deputados.

A deputada irá conduzir a atividade juntamente com a deputada Natália Bonavides, do Rio Grande do Norte.  O objetivo da audiência será analisar, discutir e divulgar de forma ampla os impactos econômicos e sociais provocados pelo sucateamento da educação na vida de nordestinos e brasileiros. 

A Lei Orçamentária Anual de 2021 acarretou um corte de R$ 1 bilhão na Educação atingindo universidades e institutos federais espalhados por todo o Brasil. Para a deputada pernambucana, o acesso ao ensino superior é crucial para o desenvolvimento regional e social da população e a falta de investimentos na área gera um atraso preocupante. "Não há recursos para pagamentos de bolsas e da promoção das políticas de assistência estudantil, o que, consequentemente, aumenta a evasão escolar de alunos de baixa renda. Os cortes orçamentários, juntamente com os bloqueios, comprometem não só as pesquisas, as aulas e toda rotina acadêmica, como também o dia a dia das instituições", afirma Marília.

Em relação a 2020, a redução orçamentária do IFPE em 2021 foi de 23,12%. Com esse corte foi necessário reduzir o quantitativo de postos de trabalho dos serviços terceirizados, impedir a contratação de serviços como limpeza e segurança nos campi que se encontram em fase final de construção de suas sedes definitivas, além de impossibilitar a atualização de laboratórios e de manutenção preventiva. Houve também uma redução expressiva na capacidade de destinação de recursos de custeio para Pesquisa e Extensão, desde o financiamento de bolsas até a aquisição de insumos.

Além do reitor do IFPE, também foram convidados para a audiência pública, os reitores da UFPE, UFRN, UFBA e IFRN, além de representantes do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (ANDES), do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (CONIF) e do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (SINASEFE).